VAQUEJADA

VAQUEJADA


SAIBA UM POUCO SOBRE A HISTÓRIA DA VAQUEJADA - ESPORTE DOS VAQUEIROS NORDESTINOS
A VAQUEJADA: 
Vaquejada: o símbolo cultural do Esporte Nordestino.
A Vaquejada é uma tradução que vem de geração em geração há centenas de anos. Na sociedade atual além de mantenedor da cultura de uma região do país é a mola propulsora da economia dos Estados Nordestino. Sendo o carro chefe de toda a indústria do cavalo Quarto de Milha. A Vaquejada está contida como patrimônio cultural nordestino, que vem passado de pai para filho trazendo em suas raízes a tradição através do esporte, a criação de empregos diretos e indiretos e o sustento de milhares de famílias.
Grandes escritores e historiadores souberam transmitir em palavras a representatividade desta paixão nordestina, entre eles o cearense José Martiniano de Alencar, que escreveu em 1874 o livro “Puxada de rabo do boi”; como também o norte-rio-grandense Luís da Câmara Cascudo, em 1976, “A vaquejada nordestina e sua origem”; e, em 1986, o pernambucano Manuel Correia de Oliveira Andrade lançou “A terra e o homem do Nordeste”.
 
A HISTÓRIA DA VAQUEJADA
Na época dos coronéis, quando não havia cercas no sertão nordestino, os animais eram marcados e soltos na mata. Depois de alguns meses, os coronéis reuniam os peões (vaqueiros) para juntar o gado marcado. Eram as pegas de gado, que originalmente aconteciam no Rio Grande do Norte. Montados em seus cavalos, vestidos com gibões de couro, estes bravos vaqueiros se embrenhavam na mata cerrada em busca dos bois, fazendo malabarismos para escaparem dos arranhões de espinhos e pontas de galhos secos. Alguns animais se reproduziam no mato. Os filhotes eram selvagens por nunca terem mantido contato com seres humanos, e eram esses animais os mais difíceis de serem capturados. Mesmo assim, os bravos vaqueiros perseguiam, laçavam e traziam os bois aos pés do coronel. Nessa luta, alguns desses homens se destacavam por sua valentia e habilidade, e foi daí que surgiu a ideia da realização de disputas.
 
A primeira vaquejada ocorrida no mundo, foi na cidade de Morada Nova no Ceara. O Rio Grande do Norte é apontado como o estado que deu o primeiro passo para a prática da vaquejada. A cidade de Currais Novos é o berço das vaquejadas, onde a tradição é mantida até os dias atuais. O historiador Câmara Cascudo dizia que por volta de 1810 ainda não existia a vaquejada, mas já se tinha conhecimento de uma atividade parecida. Era a derrubada de vara de ferrão, praticada em Portugal e na Espanha, onde o peão utilizava uma vara para pegar o boi. Mas derrubar o boi pelo rabo, a vaquejada tradicional, é puramente nordestina. Na região Seridó do Rio Grande do Norte, mais precisamente no município de CURRAIS NOVOS onde tudo começou, era impossível o uso da vara, pois o campo era muito acidentado e a mata muito fechada, e por essa razão tudo indica que foi o vaqueiro seridoense o primeiro a derrubar boi pelo rabo.
 
Somente em 1874 apareceu o primeiro registro de informação sobre vaquejada. O escritor José de Alencar escreveu a respeito da “puxada de rabo de boi” no Ceará, mas não como sendo algo novo, ele deixou claro que a prática já ocorria anteriormente. E se existia no Ceará, era indiscutível que pudesse existir em estados vizinhos como, Rio Grande do Norte, Paraíba e Piauí, já que eram regiões tão semelhantes nos hábitos, atividade econômica e social, e ambiente físico. Foi isso que levantou a suspeita dos pesquisadores. Eles descobriram pela tradição falada que muito antes de 1870 já se praticava vaquejada no Seridó Potiguar. Uma indicação para isso era a existência dos currais de apartação de bois, que deram origem ao nome da cidade de CURRAIS NOVOS, também no Rio Grande do Norte. Esses currais foram feitos em 1760. E era entre 1760 e 1790 que acontecia em Currais Novos a apartação e feira de gado. Foram dessas apartações que surgiram as vaquejadas. O pátio de apartação de São Bento, no município de Currais Novos foi construído em 1830.

ADQUIRA JÁ SUA SENHA ANTECIPADA DA TRADICIONAL FESTA DA VAQUEJADA DE CAMPO REDONDO


 BOLÃO DE VAQUEJADA

VEM AÍ A 2ª ETAPA DO CIRCUITO DE VAQUEJADA AVART 2015

 

29ª. Vaquejada de Campo Redondo-RN

A 29ª Vaquejada de Campo Redondo-RN, realizada no tradicional Parque Manoel de Souza, nos dias 24 e 25/09, distribuiu uma premiação total de 10 mil reais.

 

Participaram 380 duplas e um total de 129 foram classificadas. Na primeira rodada 44 duplas fizeram valer o boi, e após a 7ª Rodada, numa disputa acirrada entre 03 duplas, o vaqueiro amador ASSOVARN André do Gado, montado o animal Paquera do Gado, auxiliado por Pisca (Santa Cruz), montando o garanhão Go Question, representando o Parque Nossa Senhora Rainha da Paz, de São Tomé (RN), foi o grande campeão da festa. “A primeira vez que ganhamos um primeiro lugar numa vaquejada a gente nunca esquece”, declarou emocionado o vaqueiro André, ao final do evento. O 2º. Lugar ficou para Nicassio Locutor e Magno e o 3º para Magno e Walter.

 IRFORMAÇÕES ADICIONAIS RESULTADO FINAL – 29ª VAQUEJADA DE CAMPO REDONDO-PARQUE MANOEL DE SOUZA

Lugar –Puxador –Esteira – Representação- Cidade

1º - Andre do Gado Pisca Parque N S Rainha da Paz São Tomé-RN

2º - Nicassio Magno Parque Zé Chico Cosme Serra Caiada – RN

3º - Magno Walter Casa do Leite Tangará-RN

4º - Felipe João Vaqueiro Parque Zé de Gam Santa Cruz – RN

5º - Thiago Luizinho Ponto das Carnes Santa Cruz – RN

6º - Chico Leão Junior Leão Fazenda Xanadu Tangará-RN

7º - Waltinho Adelson Pereira Pereira Ferro e Aço Santa Cruz – RN

8º - Waltinho Sandoval Parque João R. Melo Santa Cruz – RN

9º - Junior Leão Araújo de Cazuza Haras J.F. Santa Cruz – RN

10º - Nicassio Magno Parque Zé Chico Cosme Serra Caiada – RN

11º - Cornélio Clodoaldo Parque Cicero Fernandes Lajes Pintadas-RN

12º - Jorge de Elisiário Jorginho Haras Paciência Extremoz-RN

13º - Guilherme Adriano Haras Craibeira Currais Novos-RN

14º - Reginaldo Nenem Parque Senhor Bernardino Frei Martinho PB

15º - Julio Cesar João de Ozair Fazenda Maravilha Campo Redondo-RN

TOTAL DE INSCRIÇÕES

380 Batidas 129 duplas

1ª Rodada 44 duplas

2ª Rodada 24 duplas

3ª Rodada 8 duplas

4ª Rodada 7 duplas

5ª Rodada 3 duplas

6ª Rodada 3 duplas

7ª Rodada 1 duplas

PREMIAÇÃO TOTAL 10 MIL

1º LUGAR 3 MIL

2º ao 15º LUGAR DE R$ 500

EQUIPE DE TRABALHO LOCUÇÃO: Otacílio Neto, Ratinho e Nicassio;

COMISSÃO: Jorge (Tangará) e Erivaldo (Cuité-PB) CALZEIRO: Bujão

FILMAGEM: Darlan-Ceará Mirim

EQUIPE CURRAL: Tutu

ORGANIZAÇÃO: Edmundo, Magno e Cesar Show.

PATROCINIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO REDONDO RN

Informações: Jonathan Moura